Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

03Abr

Sebrae aponta previsão de R$ 149 milhões em investimentos para JF até 2014


por: Tribuna de Minas

Juiz de Fora tem previsão de investimentos de R$ 149,3 milhões até o final de 2014, conforme pesquisa divulgada nesta terça-feira (02) pelo Sebrae-MG. A cifra representa alta de 34% em relação ao valor apurado para a cidade no último boletim (R$ 111,3 milhões), que considerou o período de outubro de 2012 a setembro de 2014. Com a melhora no desempenho, o município conquista uma posição e fica em segundo lugar no ranking da Zona da Mata, antes ocupado por Barbacena. A cidade de Barroso se mantém no primeiro lugar regional, com perspectiva de injeção de mais de R$ 1 bilhão na economia local.

Conforme a pesquisa "Perspectiva de investimentos", elaborada pela Unidade de Inteligência Empresarial (UINE) do Sebrae-MG, do total previsto para a cidade, R$ 109,6 milhões devem ser aplicados nos próximos 12 meses (até final de 2013), enquanto os R$ 39,7 restantes são esperados para 2014. Com as cifras, Juiz de Fora não conseguiu figurar entre os dez líderes mineiros em investimentos. Barroso ocupa a décima posição neste ranking.

A pesquisa realizada trimestralmente pelo Sebrae tem por objetivo nortear as iniciativas do órgão, direcionando os esforços e ajudando micro e pequenas empresas a identificarem oportunidades de negócios em todo o estado. Como fontes, são utilizadas informações divulgadas pela imprensa, além de protocolos de intenção assinados com o Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi).

Para o analista técnico do Sebrae-MG e responsável pela pesquisa, Ricardo Leopoldo, Barroso destaca-se na Zona da Mata em função da forte produção de cimento. A cidade sedia uma fábrica da Holcim Brasil, a quinta maior fabricante de cimentos do país. Leopoldo pondera, no entanto, que os anúncios de investimentos em Juiz de Fora, principalmente em centros de distribuição, devem refletir positivamente na performance da cidade nos próximos levantamentos. "Uma série de investimentos começou a aparecer e vai aumentar o valor previsto para Juiz de Fora", aposta.

Na opinião do coordenador de Projetos da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (SPDE), André Zuchi, os investimentos na produção de cimento em Barroso são "quase imbatíveis". Zuchi, no entanto, destaca a maturação de projetos na cidade, como a produção de caminhões pela Mercedes-Benz e o início das atividades da Codeme. "Cabe a nós prospectarmos mais investimentos e aumentarmos a taxa, que é boa."

 


Últimas Notícias



Galeria de Fotos